Home Monitoring

BIOTRONIK Home Monitoring® – Continuidade de tratamento


A gestão remota do paciente com o Home Monitoring oferece a oportunidade de um atendimento inteligente e orientado por eventos. O objetivo desse atendimento é melhorar os resultados clínicos sem criar inconvenientes para o paciente. O BIOTRONIK Home Monitoring® fornece consultas de avaliação a cada paciente, por forma a que eles são atendidos quando necessário e não somente em horário marcado. Isso ajuda a garantir que os pacientes sejam monitorizados e que os prestadores de serviços de saúde sejam notificados sobre eventos clinicamente relevantes do dispositivo entre as suas visitas presenciais.

Estudos demonstram que o Home Monitoring:

  • Fornece diagnóstico precoce para permitir intervenções precoces, melhorando resultados1,5 e reduzindo a carga de trabalho6
  • Melhora o estado clínico do paciente e reduz a mortalidade5,7
  • Pode reduzir e substituir com segurança e eficiência as avaliações presenciais1,2,3,4, facilitando as cargas de trabalho da equipa4
  • Ajuda a proporcionar uma óptima satisfação do paciente8
Imagem


Visão geral

Perguntas frequentes para médicos

Para pacientes

Testemunhos

EHR DataSync

Recursos

Visão geral

Como funciona o BIOTRONIK Home Monitoring®?

Imagem

Vantagens únicas do BIOTRONIK Home Monitoring®

  • Transmissão de dados automática, diária e sem fios e verificação em todos os dispositivos a partir do primeiro dia
  • Acesso na web a relatórios de eventos completos, incluindo IEGMs de alta definição
  • Atendimento ao paciente baseado em alertas com um sistema de sinalização inteligente para uma triagem simplificada
  • Configurações de alerta controladas remotamente por meio do Home Monitoring Service Center na web
  • Função QuickCheck. Permite que os dados actuais do paciente sejam accionados em 3 a 4 minutos, incluindo um IEGM completo
  • Transmissor móvel com conecção celular mundial, sem custo para o paciente
  • Transmissor para pacientes "plug and play" fácil de usar, sem necessidade de interacção com o paciente para realizar as transmissões de dados
  • Partilha flexível de dados e compatível com o EHR
Perguntas frequentes para médicos

O que é o BIOTRONIK Home Monitoring®?

O BIOTRONIK Home Monitoring® é uma tecnologia e serviço de monitorização remota disponível com a maioria dos pacemakers, desfibrilhadores implantáveis (CDIs) e dispositivos de ressincronização cardíaca (TRC). Permite que os médicos monitorizem de forma contínua e confiável o estado clínico e do dispositivo dos seus pacientes a qualquer hora, em qualquer lugar. O Home Monitoring notifica automaticamente os médicos sobre tendências e eventos médicos de forma concisa e em tempo útil.

Como funciona?

Os dados são transmitidos do dispositivo implantável do paciente para o dispositivo transmissor CardioMessenger®, que usa as redes T-Mobile e parceiras (GPRS, UMTS e LTE) para enviar dados à Central de Serviços BIOTRONIK. Em seguida, os dados são enviados ao médico do paciente. Os médicos podem selecionar se desejam ser notificados por e-mail ou SMS. Os dados do paciente são exibidos de forma geral, com eventos classificados e marcados por ordem de importância. Os médicos possuem controlo total da interpretação dos dados. No que respeita os dados e a privacidade do paciente, os dados transmitidos diariamente por meio do BIOTRONIK Home Monitoring® usam um código de identificação único que não inclui dados pessoais privados, como o nome ou o morada do paciente. A BIOTRONIK também segue o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (General Data Protection Regulation) da Europa, bem como aos regulamentos da Comissão Federal de Comunicações dos EUA (US Federal Communications Commission).

O que torna o BIOTRONIK Home Monitoring® único?

O BIOTRONIK Home Monitoring® é o único sistema de monitorização remota a nível mundial com aprovação da FDA e CE para substituir as avaliações em consultório convencional e proporcionar o diagnóstico precoce de eventos cardíacos clinicamente relevantes.

A interacção com o paciente é necessária?

O Home Monitoring é o único sistema com transmissão de dados diária totalmente automatizada. Não é necessária qualquer interação com o paciente, permitindo a sua máxima adesão.

Qual é a diferença entre os dispositivos normais e os do BIOTRONIK Home Monitoring®?

Os produtos com Home Monitoring são equipados com uma pequena antena e uma capacidade de armazenamento adicional. A antena envia os dados do Home Monitoring diariamente, e a frequência pode ser maior na ocorrência de certos eventos. Além disso, o Home Monitoring possui um impacto insignificante na vida útil da bateria.

Onde é que o Home Monitoring está disponível?

O Home Monitoring é aprovado em praticamente todos os países do mundo. Ele também pode ser usado clinicamente sem restrições. A clínica que realiza as visitas de avaliação deve estar familiarizada com esta tecnologia disponível na Internet.

Os pacientes são móveis?

O BIOTRONIK Home Monitoring® permite que os pacientes sejam móveis. Os pacientes podem realizar as suas rotinas diárias sabendo que os seus dados cardíacos serão enviados de forma regular e confiável ao seu médico com o mínimo de intervenção da sua parte.

Os pacientes podem viajar?

Os pacientes podem viajar desde que uma rede móvel GSM esteja disponível na sua casa e no país de destino e se levarem o seu CardioMessenger®. À semelhança de um telemóvel, o CardioMessenger® indica quando está pronto para uso. Deve ser desligado durante voos. Se os pacientes viajarem durante um período prolongado, deverão deixar um número de telefone para contacto com o seu médico. O site da BIOTRONIK disponibiliza guias de viagem para pacientes. Verifique também o nosso Guia de viagem.

Quais são os dados recebidos pelos médicos?

Os médicos podem definir os eventos para os quais desejam receber notificações automaticamente por e-mail ou SMS e visualizar os eventos por ordem de importância. O registo regular de dados permite uma análise significativa das tendências, ajudando os médicos a entender o estado de cada paciente e a ajustar o seu tratamento em conformidade. Os médicos recebem dados de diagnóstico sobre a frequência cardíaca e as terapias administradas de um paciente em minutos. Por exemplo, para pacientes com desfibrilhador cardíaco, os médicos são informados de quaisquer taquicardias auriculares, terapias administradas para terminar essas taquicardias e terapias de choque. Também recebem informações sobre o estado técnico do sistema implantado, incluindo informações sobre os eléctrodos e a bateria.

Os médicos precisam de equipamento especial?

Precisam apenas de um computador com acesso à Internet.

O Home Monitoring substitui as visitas ao consultório?

Os pacientes continuam a ir ao médico para as visitas de follow-up. Com o Home Monitoring, os médicos podem efectuar consultas de follow-up a cada paciente e, em casos especiais, os pacientes podem faltar a uma consulta. Isso permite que os médicos vejam os pacientes quando necessário e não apenas com horário marcado.

Qual é a experiência do paciente com o Home Monitoring?

Estudos clínicos demonstraram que o Home Monitoring faz com que os pacientes se sintam mais seguros, melhorando a sua qualidade de vida. 92% dos pacientes entrevistados disseram que o serviço proporcionou uma sensação de segurança, enquanto 98% considerou que o Home Monitoring teve efeitos positivos na sua saúde1. Também foi clinicamente demonstrado que o Monitoring:

  • Reduz a mortalidade em mais de 50% em pacientes com insuficiência cardíaca 2,
  • Reduz as hospitalizações devido a arritmia auricular ou AVC em 66% dos pacientes portadores de pacemaker3,
  • Reduz as consultas de follow-up em 45%4 e
  • Reduz o risco de choques inadequados em 52% e a taxa de hospitalização relacionada com esses choques em 72%5.

Os pacientes necessitam de activar o serviço?

Os pacientes devem certificar-se de que o CardioMessenger® está carregado e ligado. O dispositivo é fácil de usar devido aos seus botões simples e bem iluminados. Deve estar entre 20 centímetros a dois metros do paciente.

O que é o QuickCheck?

O QuickCheck é uma nova ferramenta no Home Monitoring que permite aos médicos adicionar e receber um relatório no Home Monitoring, incluindo um IEGM, num tempo médio de cerca de 4 minutos. Um médico pode solicitar um relatório extra do QuickCheck para além das transmissões do HM agendadas a partir do dispositivo de um paciente. Este recurso está disponível apenas para dispositivos premium (Acticor 7, Rivacor 7, Ilivia Neo 7 e Intica Neo 7).

Como posso solicitar um QuickCheck?

O que é o ReportShare?


Como é que os pacientes podem ser registados para o Home Monitoring? Há suporte técnico disponível?

Pacientes podem ser registrados online para o BIOTRONIK Home Monitoring®. O suporte telefónico está disponível para todas as dúvidas técnicas.

 

Por que é que o Home Monitoring não é um serviço de emergência?

Os dados do Home Monitoring são transmitidos pela rede móvel GSM e a sua recepção pode demorar. Os serviços de emergência ainda devem ser chamados no caso de uma emergência.

Referência

1Ricci et al., Europace (2010), 12: 676.

2IN-TIME-Studie, Hindricks et al., The Lancet (2014), 384: 583-590.

3COMPAS study. Mabo et al., European Heart Journal (2012), 33: 1105.

4TRUST study. Varma et al., Circulation (2010), 122: 325.

5ECOST study. Guedon-Moreau et al., European Heart Journal (2013), 34: 605-614.

 

Para pacientes

Foi diagnosticado com uma doença cardiovascular, arritmia cardíaca ou cardiomiopatia? Está actualmente a aguardar por um procedimento ou acabou de realizar algum? Provavelmente tem muitas dúvidas. O nosso site do paciente foi criado especificamente para o paciente, os seus familiares e grupos de apoio. Fornece informações sobre diversas doenças e condições cardíacas, bem como uma visão geral das possíveis terapias da BIOTRONIK. Também oferecemos informações sobre recuperação, cuidados de acompanhamento e recomendações sobre dieta, trabalho, viagem e exercício para pessoas com um dispositivo cardíaco.

 

 

Imagem
Testemunhos

Histórias de médicos

O Dr. Ishu Rao fala sobre como o BIOTRONIK Home Monitoring® reduz a mortalidade através de uma abordagem de tratamento proativa.


O Dr. Richard Borge fala sobre como os médicos podem monitorizar pacientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, com o BIOTRONIK Home Monitoring® e ajustar os planos de tratamento em conformidade.

 


A conveniência da monitorização remota promove a satisfação do paciente e é economicamente mais viável para os hospitais. Neste vídeo, o Dr. Michael Mazzini explica como.

 


O Dr. Gallagher explica como o Home Monitoring, em conjunto com monitores cardíacos implantáveis, é fundamental para agilizar diagnósticos, particularmente em pacientes com risco de AVC.

 


Histórias de pacientes

Sensação de segurança ao viajar com o Home Monitoring

"Os meus filhos estão felizes por saber que eu tenho um sistema de monitorização."

Leia a história de Barbara Hanson (74)

Imagem
Barbaras daily life

O Home Monitoring melhora a qualidade de vida

"Finalmente posso aproveitar o meu dia a dia novamente."

Leia a história de Detlef Günther (53)

Imagem
Detlef Günther

EHR DataSync

As clínicas mais movimentadas de hoje exigem uma forma mais rápida e fácil de tratar, armazenar e processar dados de pacientes e dispositivos interrogados.

O BIOTRONIK EHR DataSync® exporta dados do BIOTRONIK Home Monitoring® e dos programadores directamente para o sistema de EHR de um hospital, proporcionando um armazenamento seguro dos dados do paciente e uma gestão da avaliação sem papel.

  • Revisão e acesso de dados do paciente mais rápido e fácil
  • Fortalecimento da comunicação interdisciplinar
  • Suporte á gestão electrónica do paciente
  • Fluxos de trabalho clínicos mais eficientes
  • Melhor qualidade de atendimento ao paciente
Imagem
EHR DataSync

1 TRUST Study. Varma et al., Circulation (2010), 122: 325.

2 REFORM Study. Hindricks et al. European Heart Journal (2014), 98–105

3 COMPAS Study. Mabo et al., European Heart Journal (2012), 33: 1105.

4 RM-ALONE Study. García-Fernández FJ, et al. Eur Heart J. 2019 40(23):1837-1846

5 IN-TIME Study. Hindricks et al., The Lancet (2014), 384: 583-590.

6 ECOST Study. Guedon-Moreau et al., European Heart Journal (2013), 34: 605-614.

7 TRUECOIN Study. Hindricks et al., European Heart Journal 2017, 1749–1755

8 Ricci et al., Europace (2010), 12: 676.